TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Após briga, funcionário de borracharia é assassinado com cinco tiros

02 novembro 2015 - 07h54Por Mariana Anunciação

José da Costa de 42 anos é o principal suspeito da autoria do assassinato do funcionário de sua borracharia, Gultierre Brites Lima, de 18 anos, com cinco disparos de arma de fogo. O crime ocorreu após discussão entre ambos, por volta das 23h30 de ontem (01), na frente do estabelecimento comercial, localizado na Rua Abrão Anache, no Jardim Anache, em Campo Grande.

A polícia foi acionada para atender a ocorrência, mas chegando ao local, as equipes de resgate já tinham confirmado o óbito. Testemunhas relataram que José e Gultierre sempre discutiam por motivos banais e que o jovem era funcionário de José a cerca de 2 anos.

Gultierre morava no mesmo terreno onde ocorreu o assassinato, em uma kitnet localizada nos fundos, com Tatiana Souza Santos com quem convivia a cerca de 4 meses. No imóvel foram apreendidos diversos produtos, como gravador, arma de pressão, dinheiro, cheques, cápsula aparentando ser calibre 22.

De acordo com o registro policial, José estava tentando acertar Gultierre com o escapamento de uma motocicleta, quando a irmã da vítima pediu para ele fugir porque o autor teria entrado para pegar algo. A irmã e companheira da vítima teriam entrado em um veículo para fugir.

Após perceberem que ele não acompanhou com a motocicleta em que estava a irmã teria dado uma volta na quadra, enquanto ouviu os barulhos do  disparo de arma de fogo. A tia teria presenciando o momento dos tiros.

De acordo com a perícia criminal foram cinco disparos, sendo três na região do rosto e dois no tórax, além de uma perfuração na mão. Consta ainda no registro policial que o autor fugiu logo após o crime em um veículo Gol cinza, apesar de ter outro carro Corsa Classic, que é da esposa dele.  

O crime foi registrado como homicídio simples e posse irregular de arma de fogo de uso permitido na Depac - Centro.