Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Após confronto com a polícia boliviana, fugitivos acabam detidos em MS

09 março 2016 - 12h59Por Mariana Anunciação

Autoridades da Bolívia informaram que houve troca de tiros por volta das 19h de ontem (8), entre os ocupantes de um veículo Frontier Nissan, com placas de Nova Xavantina/MT e os policiais estrangeiros, sendo que o condutor teria partido em direção ao Brasil. Momentos depois, os policiais de brasileiros conseguiram detê-los.

De acordo com a major da PM de Corumbá, Katiane Almeida, a informação foi repassada para as guarnições da Polícia Militar brasileira de serviço. Os bolivianos contaram que três ocupantes no veículo estariam portando armas longas, mas não foi possível precisar o calibre.

Logo após o ocorrido, de acordo com o site Diário Corumbaense, os policiais militares viram o carro suspeito passando em frente ao quartel da corporação. A partir de então, as guarnições fizeram acompanhamento tático do veículo que empreendeu fuga e acabou entrando no pátio da Prefeitura de Corumbá, no Bairrro Dom Bosco.

Dois ocupantes do carro foram detidos, sendo um corumbaense de 29 anos e o outro indivíduo natural de São Paulo, 56 anos. Já o terceiro envolvido acabou fugindo.

“Uma das versões que o motorista da Frontier deu era de que ele estava com medo porque não sabia que eram policiais bolivianos e por isso fugiu de lá. Mas a PRF estava bem ali, eles passaram por ela e se você está supostamente fugindo de um bandido, se você vê a PRF, pede ajuda, mas não foi o que fizeram. A PRF também passou a fazer acompanhamento dessa Frontier”, explicou o major Katiane.

 

A Polícia Militar registrou o caso como desobediência porque eles não trocaram tiros com a PM, apenas não obedeceram à ordem de parada, que foi dada quando o veículo passou em frente ao 6º Batalhão. A major contou ainda, que a polícia boliviana levou cães farejadores até o local onde os indivíduos foram detidos.

“O comportamento dos animais levou a crer que tinha droga, mas no carro não havia nenhuma substância ilícita. Pelo comportamento dos animais, é como se eles tivessem percebido o cheiro de uma substância que esteve no veículo, mas que não estava mais”, disse Katiane.

Além do carro, foram apreendidos três celulares e uma quantia em dinheiro. A polícia militar encaminhou a dupla ao 1º Distrito Policial, deixando o caso sob investigação da Polícia Civil. O veículo conduzido pelos autores apresentava duas perfurações aparentes no para choque traseiro, provavelmente, causadas pelo confronto.