(67) 99826-0686
Camara Maio

Bandidos assaltam, um é linchado e outro flagrado com droga no forro de casa

A esposa de um dos criminosos também foi presa por tráfico de drogas

6 NOV 2016
Anna Gomes
08h38min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Uma dupla assaltou dois homens na noite deste sábado (5), no Bairro Taveirópolis em Campo Grande. Armados, os criminosos levaram os aparelhos celulares das vítimas, mas os telefones foram recuperados pela Polícia Militar, que ainda conseguiu prender os criminosos após perseguição e até linchamento da população.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais estavam fazendo rondas pela Avenida Lúdio Martins Coelho quando encontraram as vítimas relatando que haviam sido assaltadas. Na busca pelos suspeitos, a polícia conseguiu localizar um deles, identificado como Allysson de Matos Santana de 20 anos.

Ainda conforme o registro policial, a população ficou indignada com o suspeito e passaram a agredir o suposto autor. Os policiais rapidamente precisaram retirar Alysson do local para manter a integridade física do assaltante.

Em uma conversa com suspeito, a polícia conseguiu descobrir o endereço do outro criminoso, identificado como Jhonatan Bezerra Campo de 25 anos. Alysson disse que seu comparsa teria fugido em um Fiat Uno de cor cinza e ele estaria com a arma usada no crime.

Na residência de Jhonatan, localizada em um condomínio na Rua Evelina Figueiredo Selingar, no Parque Lageado, os policiais encontraram o veículo que Allysson havia revelado. Dentro do apartamento, Jhonatan negou qualquer participação no assalto, mas no imóvel, a polícia encontrou vários tabletes de maconha que estavam escondidos no forro do banheiro.

Nos outros cômodos da residência, os policiais também encontraram vários aparelhos celulares sem procedência. Jhonatan disse que o carro era de sua esposa, identificada como Vera Lucia Ofmestre da Costa de 57 anos. Durante uma vistoria no veículo, também foram encontradas  três munições de revólver calibre 38. Questionada, a mulher não soube explicar a origem das munições.

Allysson, Jhonatan e Vera foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga. As vítimas que recuperaram os aparelhos celulares reconheceram Jhonatan como o assaltante que estava armado no momento do crime.

Na delegacia, Vera teria revelado que a droga encontrada no apartamento seria dela. O caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e tráfico de drogas. 

Veja também