Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Polícia

Bebê é envenenada e principal suspeito é o namorado da avó

A família percebeu que a criança estava espumando pela boca e que a secreção tinha um cheiro semelhante ao de um veneno para matar lagartas

06 março 2019 - 08h46Por Da redação/Metropoles

A Polícia Civil de Goiás investiga o caso de uma menina de 2 meses envenenada em Goiânia (GO). Após ficar seis dias internada no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), a criança teve alta. O principal suspeito do crime é o namorado da avó da vítima. Ele está preso por tentar matar uma ex-companheira.

De acordo com o Conselho Tutelar, a família percebeu que a bebê estava espumando pela boca e que a secreção tinha um cheiro muito forte, semelhante ao de um veneno que a avó tinha para matar lagartas. Ainda segundo o conselho, apenas a avó e o namorado dela, Adair Pereira da Silva, 36 anos, sabiam onde estava o veneno. O homem foi preso na quinta-feira (28). Ele foi condenado por tentar matar a ex-companheira a facadas há cinco anos, em Mato Grosso.

O homem nega qualquer participação no envenenamento da bebê. A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) investiga o caso. No hospital, a avó da vítima teria confirmado aos investigadores que só ela e o namorado sabiam onde estava guardado o frasco de veneno, conhecido como Barrage. O produto havia sumido do local.

Leia Também

Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Cidade Morena
Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Cidade Morena
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios
Cidade Morena
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios