Menu
domingo, 29 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Polícia

Câmera pode ajudar a identificar assassino em Campo Grande

Mulher foi morta com uma pedrada na cabeça e implorou para não ser assassinada

18 janeiro 2022 - 09h06Por Dany Nascimento

A Polícia Civil vai analisar imagens de segurança de uma residência, que teria flagrado o momento em que Edvani Cardoso dos Santos, 44 anos, foi morta na madrugada desta terça-feira (18), na Rua Lico Barcelos, no bairro Jardim Zé Pereira, em Campo Grande. 

A câmera de segurança de uma residência teria registrado a ação. A mulher foi assassinada com uma pedrada na cabeça. 

Um morador contou para a polícia que ouviu gritos de socorro por volta das 3 horas. Ele acendeu a luz do quintal e viu a mulher no portão de sua casa, gritando por socorro. 

Ele disse que o suspeito estava com uma pedra nas mãos. Antes dele desferir o golpe, o morador gritou pedindo para que o suspeito parasse. 

O assassino ignorou o pedido e desferiu o golpe. Em seguida, o suspeito saiu socorrendo. Ele estava acompanhado de uma terceira pessoa. 

A mulher não resistiu e morreu. Testemunhas disseram que a vítima era usuária de drogas. 

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil n a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.