Menu
quinta, 28 de janeiro de 2021
Polícia

Capitão da reserva do exército é preso por dar socos, tapas e tentar enforcar a esposa

Autor ficou com ciúmes porque a mulher estava conversando com o pedreiro

14 janeiro 2021 - 14h22Por Mariana Rodrigues

Capitão da Reserva do Exército Brasileiro, 56 anos foi levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), na manhã desta quinta-feira (14), após agredir sua esposa de 55 anos, no Jardim Panamá em Campo Grande.

A vítima contou aos policiais que por volta das 6h, estava conversando com pedreiros sobre uma reforma e ao retornar para o interior da casa foi surpreendida por seu esposo, com quem está casada há 30 anos, que passou a agredi-la com três tapas no rosto, momento em que ela caiu no sofá.

Mesmo depois de caída, as agressões não cessaram, o autor tentou enfocar a vítima e na sequência deu vários socos na cabeça dela. As agressões resultaram em lesão no pescoço e fortes dores no rosto e cabeça. 

A Polícia Militar foi acionada e ao questionar o capitão, o mesmo confirmou as agressões e contou que percebeu sua esposa conversando com outro homem e ao questioná-la, a mesma, em tom de provocação, segundo ele, disse que ele também já havia feito essas coisas e então acabou perdendo a cabeça, conforme consta no registro policial.

Autor e vítima foram encaminhados até à Deam para os procedimentos necessários, já que a vítima solicitou medidas protetivas contra o autor. Quando chegou à delegacia, a vítima começou a passar mal e precisou ser levada para atendimento médico pelo Samu.