(67) 99826-0686

Casal Scaff consegue habeas corpus e é liberado

Ambos foram soltos na manhã desta quarta-feira

21 SET 2016
Rodson Willyams
09h42min
Foto: Reprodução / Google

O advogado José Wanderley, que trabalha na defesa do procurador da Câmara Municipal de Campo Grande, André Scaff, confirmou que o seu cliente foi solto por meio de um Habeas Corpus por volta das 8h30 desta quarta-feira (21). Scaff teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Carlos Alberto Garcete, na Operação Midas, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

A esposa do procurador, Karine Scaff também foi beneficiada. 

Wanderley ainda explicou que o próximo passo é acompanhar toda a investigação para trabalhar na defesa do seu cliente. "Vamos analisar esse processo, fazer uma fundamentação e trabalhar na defesa dele", finalizou. 

O caso 
Ex-secretário titular da Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle) durante a gestão do ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, André Scaff foi preso pela segunda vez, nesta quarta-feira (20), durante a Operação Midas, deflagrada pelo Gaeco. 

Segundo o Ministério Público Estadual, Scaff estaria envolvido em prática de crimes como corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade documental. 

Em maio deste ano, durante outra 'batida' do Gaeco na residência do procurador e no gabinete dele dentro da Casa de Leis, André foi detido por posse ilegal de munição, uma vez, que as balas não teriam registro. 

 

Veja também