Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
Coronavirus
Polícia

Colegas servem cal disfarçada de bombom e funcionário de indústria queima a boca e o esôfago

Ele gritou por socorro e foi ajudado por outros trabalhadores

07 junho 2019 - 19h42Por Thiago de Souza

Dois funcionários de uma empresa terceirizada, que presta serviço para uma empresa de celulose, em Três Lagoas, serviram cal a um colega de trabalho, afirmando que era bombom de côco. A vítima queimou a boca e o esôfago.

Conforme o boletim de ocorrência, o caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (6), e a vítima estava no pátio da empresa quando outros dois funcionários ofereceram uma porção de cal, embalada em papel de bombom. A vítima ingeriu o produto e em seguida passou mal. Ela pediu socorro e foi levada por colegas ao hospital.

A vitima assinou um termo onde demonstrou intenção de não denunciar os colegas de trabalho. A advogada da empresa terceirizada foi à delegacia de Polícia local e registrou ocorrência de preservação de direito.

Leia Também

Ministro Marco Aurélio encaminha pedido de afastamento de Bolsonaro à PGR
Geral
Ministro Marco Aurélio encaminha pedido de afastamento de Bolsonaro à PGR
Mandetta pede desculpas à Globo por chamar imprensa de 'sórdida'
Geral
Mandetta pede desculpas à Globo por chamar imprensa de 'sórdida'
Com medo do coronavírus, idoso toma produto com cloroquina e morre
Geral
Com medo do coronavírus, idoso toma produto com cloroquina e morre
Advogado Kiko Cangussu morre em Campo Grande
In Memoriam
Advogado Kiko Cangussu morre em Campo Grande