Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
GOV FEMINICIDIO
Polícia

Polícia vai comparar corpo resgatado no Inferninho com desaparecidos na Capital

Inferninho

11 novembro 2013 - 13h19Por Carlos Guessy

Ainda não há nenhuma pista que leve ao reconhecimento do corpo encontrado na manhã de ontem, domingo (10), próximo à cachoeira do Inferninho, em Campo Grande.

Conforme o delegado Geraldo Marins, que está acompanhando o caso, será necessário comparar as características do morto com os boletins de ocorrência de desaparecidos, na tentativa de identificá-lo.

O delegado explicou que o corpo já foi levado para o Instituto Médico Odontológico Legal para que os exames necroscópicos sejam feitos.

 O Resgate

O corpo foi encontrado no fim da tarde de ontem (9). Como já começava a escurecer, o resgate teve início às 9h deste domingo e durou quase 3 horas.

De acordo com o capitão Rodrigo Lima, a operação foi demorada devido a dificuldade de acesso ao local. O cadáver, em visível estado de decomposição, foi encontrado em cima de uma pedra, fora da água.

“O crânio estava pela metade por causa da queda”, relatou o bombeiro, acrescentando que a cabeça da vítima estava com uma perfuração provocada por arma de fogo.

Peritos da Polícia Civil, além do delegado Geraldo Marins, acompanharam a operação de resgate. As autoridades acreditam que a vítima tenha entre 30 e 40 anos.


Leia Também

Mulher que morreu em acidente entre carros tinha 32 anos
Polícia
Mulher que morreu em acidente entre carros tinha 32 anos
Apesar da fronteira fechada, boliviano morre por covid-19 em Corumbá
Cidades
Apesar da fronteira fechada, boliviano morre por covid-19 em Corumbá
Homem sai para urinar durante bebedeira, é esfaqueado e morre no Centro-Oeste
Polícia
Homem sai para urinar durante bebedeira, é esfaqueado e morre no Centro-Oeste
TERROR: membro de facção no Amapá, homem é preso armado no Tarumã
Cidade Morena
TERROR: membro de facção no Amapá, homem é preso armado no Tarumã