TJMS - 14 a 17/10
Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
Polícia

Criança apanha com triciclo e tem mão queimada após pegar R$ 10 para comprar chicletes

O menino disse aos policiais que apanha todos os dias com cintadas e golpes de cabo de vassoura

10 julho 2019 - 08h23Por Dany Nascimento

Patrícia Oliveira Gutierrez, 25 anos, foi presa após agredir o filho de 6 anos com um golpe de triciclo na cabeça e queimar a mão esquerda da criança no fogão de um barraco de lona, na invasão Homex, localizada no bairro Centro Oeste, em Campo Grande.  Ela será ouvida na manhã de hoje (10), durante audiência de custódia no Fórum de Campo Grande, e pode ter a prisão preventiva decretada.

Policiais do 10° Batalhão da PM receberam uma denúncia anônima de que uma criança era torturada pela mãe dentro do barro e, ao chegar no local, encontraram o menino no quintal com sangramento no cabeça. Questionado pelos militares, a criança confirmou que a mãe lançou um triciclo contra sua cabeça.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o menino pegou R$ 10 na bolsa da mãe para comprar chicletes. Patrícia perguntou sobre o dinheiro ao garoto, que confirmou que pegou. Irritada, a mulher lançou o objeto contra a cabeça do menino e teria colocado a mão esquerda do filho no fogão, causando queimadura.

O menino disse aos policiais que é agredido pela mãe todos os dias com um cabo de vassoura e cintadas. A criança foi levada para UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário e o Conselho Tutelar foi acionado.

Populares relataram, ainda, que a genitora faz a criança ingerir bebida alcóolica no local.  Ela foi presa e disse que a criança teria se queimado sozinha ao mexer no fogão da casa. O caso foi registrado na DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente).