Menu
quinta, 06 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Polícia

Cunhada reconhece corpo de ex-vereador no Imol

Um pino no braço teria ajudado no reconhecimento do corpo

21 setembro 2016 - 13h00Por Rodson Willyams e Amanda Amaral

A família do ex-vereador Alceu Bueno reconheceu, no final da manhã desta quarta-feira (21), no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), que o corpo carbonizado encontrado hoje seria do ex-parlamentar. A irmã da esposa de Alceu Bueno, Iolanda Bueno, teria reconhecido o corpo. 

Segundo informações extraoficiais, o ex-parlamentar tinha um pino no braço e esse foi o detalhe que levou ao reconhecimento do corpo. A reportagem entrou em contato com o Imol que apenas confirmou que o corpo encontrado nesta manhã seria mesmo do parlamentar. 

A filha do ex-vereador, Thaysa Bueno, também esteve agora há pouco na sede da Cepol para prestar depoimento sobre o caso e já deixou o local. Às 14 horas haverá uma entrevista coletiva na sede do Garras, sobre o caso. 

O delegado Edilson dos Santos Silva apenas informou que há um carro desaparecido e, por essa razão, o Garras entrou no caso. Um aparelho celular encontrado ao lado do corpo, também foi o ponto inicial a identificação do corpo. 

 

Leia Também

FIQUE LIGADO: Caixa Econômica abre no sábado em Campo Grande, Dourados e mais 9 cidades
Cidades
FIQUE LIGADO: Caixa Econômica abre no sábado em Campo Grande, Dourados e mais 9 cidades
Diretor do Instituto Butantan estima que vacina contra covid fique pronta até outubro
Geral
Diretor do Instituto Butantan estima que vacina contra covid fique pronta até outubro
Loester Trutis usou do cargo para desacatar servidores e denúncia vai para PGR
Cidade Morena
Loester Trutis usou do cargo para desacatar servidores e denúncia vai para PGR
Prefeitura leva saúde bucal para indígenas na saída para Aquidauana
Cidade Morena
Prefeitura leva saúde bucal para indígenas na saída para Aquidauana