TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Polícia

Cupertino passou por mais de 300 endereços; cidades do MS estão na lista

Acusado de assassinar o ator Rafael Miguel, estrela da novela Chiquititas, e os pais dele, em 2019, foi preso em SP

17 maio 2022 - 09h17Por Rayani Santa Cruz

O empresário Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele, em junho de 2019, passou por mais de 300 endereços antes de ser preso nesta segunda-feira (16), em São Paulo. Cidades de Mato Grosso do Sul estão na vasta lista de esconderijos. Ele ficou três anos como fugitivo.

Conforme levantamento do Instituto São Paulo Contra a Violência publicado pela TV Globo, baseado em denúncias, o réu pelo triplo homicídio se escondeu em 10 estados do Brasil, além de cidades do Paraguai e Argentina.

Ainda segundo o Metrópoles, só em São Paulo, o empresário teria passado por 74 endereços diferentes em 25 cidades paulistas. O acusado também teria passado pelo Rio de Janeiro (capital), Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná, Maranhão e Mato Grosso do Sul, onde ficou por oito meses.

Ainda há cinco locais em que o acusado passou que não foram identificados. Ele chegou a ser visto na cidade de Puerto Iguazú, na fronteira entre Paraguai e Brasil.

Caso

O empresário assassinou Rafael, que tinha 22 anos, e os pais do ator, João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50. A motivação teria sido o namoro do ator com a filha do acusado, Isabela Tibcherani, segundo o Ministério Público. Ele era contra o relacionamento.