(67) 99826-0686
Camara Maio

Dono de academia cai de altura de 35 metros do inferninho

Tragédia

6 JAN 2014
Carlos Guessy
17h38min
Bombeiros resgatam corpo de professor da cachoeira. Foto: Marcelo Calazans

O professor de karatê, Manoel Eloísio Rufino, de 61 anos, morreu depois de cair da cachoeira do Inferninho, por volta das 13h desta segunda-feira (6), em Campo Grande.

Segundo o pedreiro que trabalha para a vítima, Rafael Roberto da Cruz, 27, eles haviam saído da academia que Manoel estava construindo e estavam indo para o assentamento Conquista, quando no trajeto, resolveram parar para admirar a paisagem.

Conforme relatado pela testemunha, o professor teria pisado em falso, próximo a ribanceira e caiu. Manoel bateu a cabeça nas pedras e caiu de uma altura de aproximadamente 35 metros.

De acordo com a comandante da operação do Corpo de Bombeiros, a capitã Geisa Rodrigues Ferreira Romero, a vítima caiu de cabeça e ficou presa em uma fenda embaixo da cachoeira. Manoel teve traumatismo craniano e morte instantânea.

“Pela altura ele deve ter morrido na hora. Vamos esperar a perícia chegar e resgatar o corpo pelo sistema de polia”, afirmou a capitã Geisa, dos bombeiros.

A Polícia Civil vai investigar agora se trata-se de um acidente ou o professor teria sido empurrado.  Manoel deixa uma filha e uma neta. A esposa já é falecida, segundo seu colega.

Veja também