Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
Polícia

Dono de 'paraíso dos importados', magnata da fronteira ocultou US$ 500 mil do maior doleiro do país

Felipe Cogorno Álvarez é procurado até pela Interpol

19 novembro 2019 - 19h00Por Thiago de Souza

Felipe Cogorno Alvarez, dono do Shopping China, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, é procurado pela Polícia Federal e pela Interpol. Ele é suspeito de ocultar 500 mil dólares de Dario Messer, considerado o maior doleiro do Brasil.

O pedido de  prisão de Álvarez fez parte da Operação Patrón, desdobramento da Operação Cambio, Desligo, da Polícia Federal e Ministério Público Federal. A ação, deflagrada na manhã desta terça-feira (19), é tão complexa que o maior alvo da ação é o ex-presidente do Paraguai, Horácio Cartes.

Na decisão que autorizou as prisões - 17 preventivas e três temporárias - o juiz federal Marcelo Bretas destacou que ''de acordo com a autoridade policial, outro integrante do 'núcleo político' da Orcrim é Felipe Cogorno Álvarez, empresário ítalo-paraguaio, diretor do Grupo Cogorno, administrador do Shopping China e representante da Câmara de Comércio de Amambay, que é amigo de Najun Turner e o visita regularmente em São Paulo''.

O doleiro Najum também teve a prisão decretada, mas assim como Cogorno não foi encontrado. Dario Messer foi preso em 31 de julho deste ano, após 14 meses foragido. Enquanto era procurado pela polícia, Messer e a namorada foram acolhidos em residências no Paraguai e em Ponta Porã, diz a investigação.

O dinheiro escondido por Felipe Cogorno foi repassado pela namorada de Messer. A PF conta que no total, 20 milhões de dólares de Dario tenham sido pulverizados e ocultados, parte nos Estados Unidos e parte no Paraguai.

Doleiro

Messer é acusado de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e participação em organização criminosa. Ele teria movimentado mais de US$ 1,6 bilhão em contas que se espalharam por 52 países e que envolveram mais de 3 mil offshores (empresas e contas bancárias abertas em territórios com menor tributação).

Poderio

O Shopping China tem 86 anos de criação é um dos comércios mais procurados por brasileiros para as compras no Paraguai. A loja de  importados fica poucos metros da divisa com Ponta Porã e se destaca pelos preços mais em conta, em virtude da carga tributária no país vizinho ser menor que a brasileira.

Felipe Cogorno também tem lojas em Ciudad Del Este e Salto Del Guairá, também no Paraguai.