(67) 99826-0686

Em áudio, presidente do Paraguai é ameaçado de morte e polícia consegue prender suspeito

A ameaça é de que o presidente morreria em 15 dias

6 DEZ 2016
Anna Gomes
10h00min
Presidente do Paraguai. Foto: Divulgação

O presidente do Paraguai, Horácio Cartes, teria recebido um áudio onde é ameaçado de morte e, em menos de 72 horas, a polícia conseguiu prender o suposto autor nesta segunda-feira (5). Ele foi identificado como Oscar Enrique Larrea Balbuena.

De acordo com o site Porã News, integrantes da força Tarefa Conjunta da Polícia Nacional do Paraguai relatam que Oscar teria divulgado o áudio em que se ouve que o presidente paraguaio seria alvo de um atentado nos próximos 15 dias.

Ainda conforme o site local, no áudio, é possível escutar Larrea Balbuena dizendo que não seria preciso usar armas sofisticadas para realizar o crime e ressaltou que em 15 dias o presidente paraguaio estaria morto.

(Durante prisão do suspeito. Foto: Porã News)

O áudio foi divulgado no último dia 28 e os agentes iniciaram uma Força-Tarefa que resultou na prisão de Larrea Balbuena, que poderia estar ligado ao grupo Criminoso Exército do Povo Paraguaio (EPP). O suspeito foi detido na cidade de Horqueta e transferido a uma prisão da cidade de Concepcion, a 563 kilometros da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

Veja também