Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
ALMS
Polícia

Em menos de 24 horas, dois são presos por porte ilegal de arma de fogo em MS

Prisões foram realizadas por policiais do DOF e GOI; sendo uma delas em Campo Grande

03 julho 2019 - 13h05Por Nathalia Pelzl

Duas pessoas foram presas na tarde de ontem (2) por porte ilegal de arma de fogo, uma das prisões foi realizada pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), em Naviraí, município distante a 352 quilômetros de Campo Grande.

A outra prisão aconteceu na Capital e foi realizada por investigadores do GOI (Grupo de Operações e Investigações) da Polícia Civil.

Na operação realizada pelo DOF, um homem de 45 anos, foi preso por Porte Ilegal de Arma de Fogo e Munições. Ele conduzia uma caminhonete GM S10, quando foi abordado.

(Divulgação: DOF)

Durante vistoria no veículo, os policiais encontraram um revólver calibre .38, com cinco munições intactas, e mais um invólucro com 25 munições, do mesmo calibre.

Questionado, ele disse não ter o documento e registro da arma. Diante dos fatos, ele foi preso e a ocorrência registrada na Delegacia de Polícia Civil de Naviraí (MS).

Já na ação desenvolvida pelo GOI, também nessa terça-feira (2), acabou com a prisão de um jovem, de 25 anos, bem conhecido da polícia.

Ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, na Rua José Pacheco do Amaral, no Vespasiano Martins.

O suspeito foi revistado, sendo que, estava com um revólver calibre 38, carregado com duas munições. O mesmo também não tinha a documentação necessária.

Com diversas passagens pela polícia, sendo preso em flagrante pela quarta vez, ele foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Atendimento Comunitário) Piratininga.

Anteriormente ele foi preso por furto qualificado mediante o concurso de pessoas, furto simples e lesão corporal dolosa.

Leia Também

Festas, bares lotados e gente na rua: toque de recolher flagra de tudo
Polícia
Festas, bares lotados e gente na rua: toque de recolher flagra de tudo
Idosa de 63 anos morre e pode ser 1ª vítima da Covid em Laguna Carapã
Saúde
Idosa de 63 anos morre e pode ser 1ª vítima da Covid em Laguna Carapã
Boliviano mata amigo a facadas no Aero Rancho
Polícia
Boliviano mata amigo a facadas no Aero Rancho
Cassems conclui estudo pioneiro sobre os custos da violência contra a mulher para o plano de saúde
Saúde
Cassems conclui estudo pioneiro sobre os custos da violência contra a mulher para o plano de saúde