(67) 99826-0686
REFIS FEV.

Operação Midas: Esposa de Scaff é liberada após passar a noite na prisão

Karine Scaff teve prisão preventiva decretada ontem pela Justiça

21 SET 2016
Rodson Willyams
09h12min
Foto: Reprodução / Google

Karine Scaff, esposa do ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Campo Grande e procurador da Câmara Municipal, André Scaff, foi liberada a pouco do Presídio Feminino, onde passou a noite, após ter a prisão preventiva decretada pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Carlos Alberto Garcete, na Operação Midas, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

A informação foi confirmada nesta quarta-feira (21), pelo diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Ailton Strppa. Karine Scaff foi encaminhada para o Presídio Feminino por volta das 15 horas de ontem (20), após deixar a sede do Gaeco. Ele ficou no mesmo local em que Andreia Olarte, esposa do ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, permanece presa. 

Segundo Stroppa, André Scaff também foi encaminhado para o Presídio Militar, localizado na região do Jardim Noroeste, em Campo Grande, aonde permanece preso. Porém, o diretor da Agepen informou que neste caso, Scaff não está custodiado pela Agepen. 

O caso 
Ex-secretário titular da Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle) durante a gestão do ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, André Scaff foi preso pela segunda vez, nesta quarta-feira (20), durante a Operação Midas, deflagrada pelo Gaeco. 

Segundo o Ministério Público Estadual, Scaff estaria envolvido em prática de crimes como corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade documental. 

Em maio deste ano, durante outra 'batida' do Gaeco na residência do procurador e no gabinete dele dentro da Casa de Leis, André foi detido por posse ilegal de munição, uma vez, que as balas não teriam registro. 

Veja também