Maracaju II dengue agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 16 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Dengue agosto
Polícia

Familiares de acusada e vítima se emocionam durante júri

Júri popular de acusada de matar vendedor de tijolos é realizado no Fórum

21 agosto 2019 - 16h08Por Da redação/JP News

Um ano e três meses depois da morte do vendedor de tijolos Camilo de Freitas, 24, que levou uma facada no peito, o júri popular pelo crime é realizado no Fórum de Três Lagoas. Familiares da vítima já chegaram ao local emocionados e pedindo justiça. Marlene de Freitas, mãe da vítima, não conteve as lágrimas antes mesmo de entrar na sala do júri. “Eu quero que hoje a justiça seja feita”, declarou.

Além dela, tios, primos e amigos usavam uma camiseta branca com a foto de Camilo e a frase: “ Justiça. Camilo, amor eterno”. Do outro lado, a família da acusada Joice Espíndola, também usava camiseta branca. Também pediam justiça e para que os jurados analisassem a verdade dos fatos. Foram arroladas nove testemunhas, sendo que duas delas não foram encontradas pela Justiça e mudaram de cidade. Ao longo dos depoimentos de defesa e acusação, famílias da vítima e acusada se emocionaram.

O julgamento iniciou às 8h15e deverá seguir até a noite desta quarta-feira (21). Antes mesmo de iniciar o júri popular, mais de 250 pessoas já estavam em um fila gigantesca em frente ao Fórum. A sala do júri só possui 82 assentos e foi liberada para 100 pessoas. As outras ficaram aguardando uma vaga do lado de fora. Muitos estudantes de Direito, outros universitários, juristas, estudantes do ensino médio e curiosos estão acompanhando o julgamento.