Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Fazendeiro é autuado em R$ 6 mil por armazenamento ilegal de madeira em Bodoquena

09 setembro 2015 - 18h29Por Assessoria de Imprensa

Policiais Militares Ambientais do município de Miranda realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Bodoquena e autuaram ontem (8) um proprietário rural por armazenamento ilegal de madeira da espécie aroeira, que é protegida por lei, além de outras espécies. A madeira estava sendo armazenada no pátio da fazenda, localizada a 15 km da cidade de Bodoquena e o fazendeiro não possuía autorização ambiental.


O proprietário rural, que reside em Campo Grande não estava no local e a PMA localizou o seu irmão, o qual é o responsável pela propriedade e afirmou que realmente não possuía documentação ambiental para a madeira explorada.


Foram apreendidos: 42 palanques, 15 firmes e 785 estacas de aroeira (madeira protegida), além de 240 pranchas de madeira das espécies angico e ipê, medindo tudo, 20,2 m³. O proprietário da fazenda, de 68 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 6.060,00. O infrator também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão.


A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.