TCE MAIO
(67) 99826-0686

Adolescente fica embriagada em festa na casa de Manutti e cantor vai ser investigado

Menina de 14 anos falou que ia dormir na casa da amiga e foi para a festa regada a bebidas alcoólicas

7 DEZ 2016
Anna Gomes
12h17min
Cantor de sertanejo Manutti. Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Uma festa na casa do cantor de sertanejo Manutti está sendo investigada pela polícia, após uma adolescente de 14 anos sair do local totalmente embriagada. O fato teria acontecido na madrugada da última segunda-feira (5).

O delegado Mario Donizete Ferraz de Queiroz, da DPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), está investigando o caso. Ele relatou que realmente foi instaurado um inquérito policial e ele vai investigar quem teria fornecido bebida alcoólica para a adolescente. Os participantes da festa irão prestar depoimento, incluindo o dono da festa, o cantor Manutti.

Ainda conforme o delegado, a mãe da adolescente relatou à polícia que elas moram em São Gabriel do Oeste e estavam em Campo Grande por uns dias. Na noite do sábado (4), a jovem disse para sua genitora que iria ao shopping, juntamente com uma amiga, e em seguida, dormiria na casa dessa colega.

Mario destaca que a adolescente disse que estava no shopping quando um conhecido da amiga convidou as meninas para irem a uma festa onde ele seria o churrasqueiro da confraternização.

As duas adolescentes resolveram ir até a festa com o tal churrasqueiro, onde a jovem de 14 anos ingeriu muita bebida alcoólica e acabou esquecendo seu aparelho telefônico na residência do cantor. No dia seguinte, ao ligar no celular da filha, Manutti teria atendido dizendo a mãe da jovem que haviam esquecido o aparelho telefônico na residência dele após uma festa.

(Delegado Mario Donizete que investiga o caso - Foto: Geovanni Gomes)

A polícia já colheu depoimento de mãe e filha. Agora, os policiais devem investigar os participantes da festa tentando encontrar quem seria o fornecedor da bebida que deixou a adolescente embriagada e verificar também se não havia outros menores no local. Se acaso não encontrarem, Manutti, por ser o dono da casa onde a confraternização acontecia, pode responder de um a quatro anos de detenção e mais multa, por fornecer bebida alcoólica a adolescente.

O delegado destaca a importância deste caso ser divulgado, já que muitas pessoas não consideram um crime fornecer bebidas alcoólicas a menores, mas ressalta que é uma irregularidade e que precisa ser vista com atenção pela sociedade.

O aparelho celular da vítima foi apreendido e, em tese, o inquérito deve ser encerrado dentro de 30 dias.

A assessoria de imprensa de Manutti informou que a assessoria jurídica do cantor já foi acionada e está tomando as devidas providências. O sertanejo, no entanto, não deve se pronunciar sobre o assunto.

Veja também