GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
TRE
Polícia

Frieza e convicção: adolescente confessa emboscada e assassinato de jovem por ciúmes

O menor se passou pela namorada em uma rede social até emboscar a vítima

30 novembro 2018 - 19h34Por Thiago de Souza

Adolescente de 16 anos confessou à Polícia Civil que matou Wesley Gonçalves da Silva, 24, conhecido como ''Lelo'', por ciúmes da namorada, também adolescente, no dia 27 de novembro, em Dourados. Ele teria armado uma emboscada e tirou a vida do rapaz com 25 facadas.

''O cara beijou minha mina e eu arrebentei na facada. É isso aí mesmo 'mano', tem nada a negar não. Foi tudo eu mesmo que fiz essa fita aí 'véi' e já era”, diz.

Junto do suspeito, dois outros menores e um adulto foram detidos pela polícia, segundo o Dourados News.

Conforme a polícia, a namorada do menor conheceu a vítima e se encontrou com ele, no domingo (25), o que resultou em um beijo. O suspeito acessou a rede social dela e constatou troca de mensagens entre os dois.

O menor então se passou pela garota na internet e marcou um encontro na escola onde ela estudava. Por volta das 23 h, a bordo de um Fiat Palio, o assassino e comparsas colocaram a vítima no carro. Ele foi levado a um local ainda não divulgado e lá recebeu 25 facadas do menor.

O corpo de Wesley foi encontrado no dia seguinte, uma quarta-feira (28).  

Latrocínio

Após o assassinato, o trio deixou Dourados em direção a Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai. No país vizinho, venderam o carro, mas acabaram não recebendo o dinheiro após o comprador descobrir que se tratava de produto de latrocínio.

Já no início da tarde desta sexta-feira eles foram encontrados em uma casa no Jardim Ivone, na cidade de Ponta Porã.