tCE COVID 19 18 A 16/05
Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
camara municipal
Polícia

Garota é estuprada dentro de escola estadual; ela está internada devido aos ferimentos

Um desconhecido entrou no local, ameaçou a menina de morte e cometeu o ato

08 novembro 2019 - 13h14Por Rayani Santa Cruz

Uma menina, de 12 anos, foi estuprada durante o horário de aula dentro de uma escola estadual, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. O crime ocorreu na Escola Estadual Educador Paulo Freire, na quinta-feira (7) e o autor ainda não foi identificado.

Segundo o R7, mãe da vítima relatou à Agência Record que foi avisada sobre o estupro. No local, a menina contou à mãe que um colega de sua turma a chamou para buscar uma flor em uma determinada área da escola, mas quando chegou lá o menino a deixou sozinha.

Um homem se aproximou e se identificou como Bruno. Ele disse que era aluno da escola e que estudava ali no período noturno. A garota relatou que o homem começou a tirar a roupa dela e a ameaçá-la de morte, caso ela gritasse. 

O estupro foi confirmado pelo hospital da cidade. Devido a gravidade dos ferimentos, a menina foi transferida para o Hospital Pérola Byinton, em São Paulo, onde passou por cirurgia e permanece internada. Não há previsão de alta, mas o estado de saúde da menina é estável.

A menina, de 12 anos, está no 6º ano do ensino fundamental e estuda há um ano na escola. A direção do colégio disse à família da garota que não há câmeras de segurança na unidade que possam identificar o autor do crime e não soube explicar como o crime ocorreu. A mãe contou ouviu relatos de abuso sexual na escola anteriormente no período noturno. 

Em nota, a Diretoria Regional de Ensino de Osasco afirmou repudiar todo e qualquer ato de violência e que a escola colabora com a Polícia Civil para investigação do caso. A DE vai instaurar uma apuração preliminar e encaminhará um supervisor à unidade. 

O caso foi registrado na 4º Distrito Policial de Osasco, como estupro de vulnerável.

 

Leia Também

Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Geral
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Geral
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada
Geral
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada
DESESPERADOR: Brasil tem 24.512 mortes pela covid e outros 3.883 óbitos são investigados
Geral
DESESPERADOR: Brasil tem 24.512 mortes pela covid e outros 3.883 óbitos são investigados