(67) 99826-0686

Grupo que matou rival na frente da mãe em MS é transferido

Homem foi morto com 20 facadas pelo e o grupo preso nesta madrugada (13)

13 JUN 2019
Dourados News
17h52min
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News

Os quatro homens suspeitos pelo assassinato de Anderson Martins dos Reis, 33, o Dê, na noite de ontem (12/6), foram transferidos do 1º Distrito Policial de Dourados à delegacia de Itaporã, cidade onde ocorreu o crime, na tarde desta quinta-feira (13). 

Eles mataram o rapaz na frente da mãe, na casa onde ambos moravam.

Alex Sander Maier, 29, o ‘Caçador de Almas’, foragido da Justiça de Campo Grande por tráfico de drogas, Harisonn Albert Sabino Souza, 36, Kaio Cézar Cardoso Nunes, 19, e Miguel Augusto Souza dos Santos, 21, foram escoltados por policiais militares da Força Tática. 

Dê foi morto com 20 facadas pelo corpo e o grupo preso nesta madrugada na rua Palmeiras, no Jardim Santo André. 

O crime aconteceu na noite de quarta-feira (12/6), no bairro Coimat, em Itaporã e teria sido encomendado por internos da PED (Penitenciária Estadual de Dourados), num acerto de contas entre facções. 

Antes de ser assassinado a facadas, os suspeitos ainda efetuaram vários tiros contra o rapaz, que correu para o interior da casa, mas acabou perseguido e morto.  

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Gabriel Desterro, a mãe da vítima presenciou toda a cena e enquanto era afastada. 

Veja também