Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Polícia

Homem admite ainda amar mulher que tentou o matar com ajuda de amante

Esposa chegou a esperar que o marido sofresse uma morte natural para então viver com o amante, o melhor amigo da vítima

21 novembro 2018 - 08h51Por Da redação / Notícias ao Minuto

Um homem com câncer terminal e que levou um tiro a mando da própria mulher admite ao The Sun: "Ainda a Amo".

Ray Weatherall, de 53 anos, não fazia ideia de que a espose e o melhor amigo mantinham uma relação extraconjugal e que planejavam matá-lo. Hayley, a esposa, tinha esperança que o marido morreria logo. Como Ray parecia cada dia mais longe da morte, a mulher decidiu em conluio com o amante, matá-lo.

A dupla pensou então em envenenar e afogar a vítima. No entanto, decidiram por envolver o filho de um deles, convencendo-o a atirar no marido.

Ray sobreviveu e os três suspeitos foram a julgamento, tendo sido condenados a 50 anos de prisão pela conspiração. "Sou um velho rijo. Sempre fui. Consegui sobreviver a muito. Sinto-me como um gato com sete vidas. Mas provavelmente já só me restam uma ou duas vidas. Mas ainda consigo rir. Não perdi o meu sentido de humor", afirma Ray, revelando: apesar de tudo "ainda amo" a Hayley.