Corumbá pra valer 05 a 04/05/2021
Menu
sexta, 07 de maio de 2021
mais social 05 a09/05/2021
Polícia

Homem algemado e sob escolta da PM se joga do 4° andar de hospital

Paciente é suspeito de esfaquear até a morte a namorada

08 fevereiro 2019 - 13h28Por Da redação / Portal R7

U m homem, de 26 anos, preso no último sábado (2) suspeito de esfaquear até a morte a namorada veterinária em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, estava internado em um hospital do município. Nesta quinta-feira (7), ele estava sob escolta policial, algemado à cama e se jogou do 4º andar do complexo. Ele sobreviveu a queda, mas corre risco de vida.

De acordo com a Polícia Civil, o homem confessou ter esfaqueado a companheira oito vezes na região do abdômen, após tentar sair sem a companhia dela, o que foi motivo de discussão. O suspeito contou que escorregou no sangue da veterinária Paula Patrícia de Mello, e acabou se cortando acidentalmente na região da barriga, com a própria faca. Em seguida, ele foi internado sob a escolta policial.

Na manhã de hoje, dois policiais militares faziam a escolta do paciente, do lado de fora do quarto. O homem, que estava algemado à grade da cama, teria conseguido retirar a grade e, ainda algemado a ela, se jogado do quarto onde estava internado. De acordo com a Prefeitura de São Caetano do Sul, o estado de saúde do suspeito é grave, principalmente por conta de edemas cerebrais.

“A equipe médica avaliou por meio de tomografias do tórax e do abdômen, que o paciente teve traumas crânio-faciais, mas que o tratamento será apenas clínico, não necessitando de cirurgia neste caso”, diz a nota. Até o final da tarde, ele deve passar por uma nova cirurgia, desta vez para reestruturação das paredes abdominais.

O caso foi atendido pelo delegado George Henrique Franchon Marques, o qual disse que o boletim de ocorrência só será feito apenas após a conclusão da situação médica do paciente, e que trabalha com a hipótese de tentativa de suicídio.