TCE Novembro
Menu
terça, 30 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Polícia

Homem é preso após bater em dois veículos, fugir sem prestar socorro e invadir quintal

24 abril 2016 - 15h33Por Alessandra Carvalho

Alessandro Leite de Matos, 26 anos, foi preso na noite de ontem (23), após bater o carro S10 em uma motocicleta Biz e deixar duas mulheres feridas na avenida das Bandeiras, bairro Jardim Nhanhá, esquina com rua do Aquário, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrências, um mototaxista que estava no ponto 14 da avenida Manoel da Costa Lima foi até à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga e relatou que o motorista da S10 havia batido em sua motocicleta e, logo após, fugiu sem prestar socorro às vítimas que ocupavam a moto.

Durante a fuga, Alessandro ainda bateu a caminhonete na traseira de outro veículo Gol. Os policiais foram até o local e encontraram as duas mulheres caídas no chão. Elas foram identificadas como Carolina Leandro Souto, 18 anos, e Jessica Pontes Vaz, de 25 anos.

A carona Carolina explicou que o sinal  do semáforo estava aberto quando condutor do veículo S/10 de placa HSI-1912, ou seja, Alessandro, conduzia seu veículo pela contramão, isto é, dirigia a S/10 vinha no sentido contrário da via. Houve a colisão frontal com a Biz.  

Carolina disse que acredita que a intenção de Alessandro era estacionar em frente à Conveniência Chorão pela contramão da via. Alessandro evadiu-se do local e não prestou socorro às vítimas. Ele deu marcha ré em seu veículo e virou à esquerda, quando bateu no veículo Gol de cor vermelha, de placas NRJ-1789, conduzido por Rafael, que estava parado na pista da rua Japão, também na preferencial.

Alessandro conseguiu evadir-se do local e abandonou seu veículo, fugindo a pé. Ele invadiu uma residência na Rua dos Peixes.  O proprietário da casa disse para a polícia que havia um homem em seu quintal e estava praticamente em estado de coma alcoólico, caído no chão.

Alessandro  apresentava lesão  na orelha direita, pulso e braços. Ele foi preso e levado para a Depac do Piratininga. Carolina sofreu apenas escoriações. Jéssica foi socorrida e levada para a Santa Casa com fratura no fêmur e deslocamento da bacia. A motocicleta Biz foi apreendida porque a condutora não portava CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o veículo estava registrado em nome de terceiro.

A S10, de placa HSI 1912, foi entregue para o irmão de Alessandro, após comparecer na delegacia. O caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.