Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Polícia

Homem é preso minutos após cometer assalto no centro da Capital

O bandido foi preso em flagrante revirando uma mochila que havia acabado de roubar

06 setembro 2016 - 10h16Por Anna Gomes

Diego Alves de Almeida, 27, foi preso em flagrante, minutos após ter roubado um homem de 41 anos, em um ponto de ônibus na Rua Vinte e Seis de Agosto, na esquina com a Avenida Fábio Zarhan, no Centro de Campo Grande.

De acordo com o registro policial, a vítima acionou a polícia após ter sido roubada e passou as características do suspeito aos militares. O homem relatou que aguardava o ônibus coletivo em um ponto, quando o suposto autor se aproximou e anunciou o assalto.

O bandido teria mostrado um objeto para a vítima mandando a mesma o acompanhar até um lugar mais escuro. Temendo que algo pior pudesse acontecer, o homem jogou sua mochila em direção ao criminoso, que rapidamente pegou o objeto e saiu correndo.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os policiais fizeram rondas na busca do suspeito que foi encontrado na Rua Dom Pedrito, também localizada na região central da cidade. O suspeito foi pego em flagrante revirando a mochila da vítima.

Com o suposto autor não localizada uma arma de fogo, o suspeito usava um cabo de faca como simulacro, mas como o local estava escuro, a vítima não percebeu e acreditou que o criminoso estaria armado.

A vítima reconheceu o suspeito e o mesmo foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Leia Também

Com droga e bebedeira, 'baile da covid' rola solto na Fábio Zahran
Cidade Morena
Com droga e bebedeira, 'baile da covid' rola solto na Fábio Zahran
Casal encontra R$ 2,4 mil na rua, faz campanha e encontra o 'dono': 'era um motoboy'
Geral
Casal encontra R$ 2,4 mil na rua, faz campanha e encontra o 'dono': 'era um motoboy'
Maia diz que impeachment só acontece quando o vice-presidente apoia
Geral
Maia diz que impeachment só acontece quando o vice-presidente apoia
No Canguru, 'festa da covid' segue dia e noite e vizinha não sabe mais o que fazer
Cidade Morena
No Canguru, 'festa da covid' segue dia e noite e vizinha não sabe mais o que fazer