TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 19 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Lobo Guará
PREFEITURA AGOSTO 2022 2
PREFEITURA AGOSTO 2022 2
Polícia

Homem é preso suspeito de estuprar duas crianças

PM utilizou helicóptero e cães policiais para encontrar as vítimas e o suspeito, que estavam em um matagal. Ele confessou o crime

25 agosto 2019 - 08h30Por Da redação/DM.com.br

Na tarde dese sábado (24), um homem foi preso suspeito de estuprar duas meninas, a mais velha de 11 anos e a outra de 4. O crime ocorreu no Núcleo Rural Jerivá, no Lago Norte.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito levou as crianças, que são irmãs, para um matagal para violentá-las.

Os agentes tiveram que utilizar o helicóptero da corporação e cães policiais para localizar o suspeito e as vítimas. Ele confessou o crime e foi levado para a delegacia do Lago Norte.

Estupro no Brasil

Dados do Mapa da Violência Contra a Mulher apontam que o estupro foi pauta da mídia brasileira 32.918 vezes, apenas entre os meses de janeiro e novembro de 2018. De acordo com informações do levatamento, divulgado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, aponta que o maior número de abusadores sexuais compartilha laços sanguíneos ou de confiança com a família da vítima.

Quanto maior o grau de proximidade, maiores são as chances de ocorrer o abuso. Quanto menor a idade da vítima, maiores são as chances desses abusadores se aproveitarem da confiança da família para cometer o crime. Segundo dados repassados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), entre janeiro e junho de 2019, cerca de 450 casos de estupro foram registrados no estado. Ainda segundo informações do órgão, em relação ao mesmo período no ano passado, os casos de estupro aumentaram cerca de 7%.

Entretanto, segundo dados do Mapa da Violência Contra a Mulher, foram noticiados em Goiás, mais de 1,6 mil casos de estupro. Já em Estados de destaque nacional, como, por exemplo, o Rio de Janeiro e São Paulo, juntos, somam mais de 7,2 mil casos, mil casos a mais que Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul.