TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 04 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Homem esfaqueado ao tentar estuprar filha teria ameaçado colocar fogo na casa

Ele teria cortado ameaçado colocar fogo na residência no dia anterior ao crime

13 março 2017 - 13h10Por Anna Gomes

Adair Soares dos Santos Lima de 55 anos, que foi esfaqueado pela própria filha ao tentar estuprá-la neste domingo (12), teria tentado colocar fogo na casa onde a família mora no dia anterior ao crime. O fato aconteceu na Rua Felix Vaz da Silva, no Jardim Pênfigo, em Campo Grande.

Conforme os vizinhos, as brigas na residência seriam constantes e no último sábado (11), Adair teria tentado atear fogo na residência onde mora com a esposa e a filha suspeita de esfaqueá-lo, identificada como Ana Mayra Pereira de Lima de 18 anos.

"Esse homem bebe e quer bater em todo mundo. A mulher dele sempre sofreu agressões, no sábado, um dia antes de toda confusão, ele chegou a cortar a mangueira do botijão de gás e disse que iria botar fogo em tudo. A filha ligou para a polícia, mas ele não foi preso, talvez se tivesse ficado na cadeia, não teria acontecido essa tragédia", explicou um morador que preferiu não se identificar.

Conforme um outro vizinho, Adail seria extremamente violento, principalmente quando ingeria bebidas alcoólicas. "Ele chega bêbado e briga, já até me ameaçou de morte por ciúmes da mulher dele. Ele tem ciúmes de todo mundo, já ameaçou outra pessoa aqui da rua também. Ele trabalha como pedreiro no interior, como já sabe o temperamento do marido, a esposa dele até preferia ir até a cidade, para ele não precisar  vir, pois quando ele vem, é confusão na certa", destacou.

De acordo com o registro policial, a mãe da jovem alegou que Ana agiu por legítima defesa, já que seu marido, teria tentado estuprá-la, momento que Ana passou a desferir facadas nas costas do homem.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, quando os policiais chegaram ao local, o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estava prestando os primeiros socorros a Adair. Ele foi encaminhado para a Santa Casa.

A faca usada no crime foi apreendida. O caso foi registrado como tentativa de homicídio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga. Na manhã desta Segunda-feira (3), Ana foi até a 5ª Delegacia de Polícia Civil que vai investigar o caso e onde deve prestar esclarecimentos sobre os fatos.

A equipe de reportagem entrou em contato com a Santa Casa, onde Adair foi encaminhado. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele está consciente na enfermaria da unidade e seu estado de saúde é considerado estável.