ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Ex-marido que matou médica no trabalho é preso em cidade do Paraguai

Ele assassinou a ex-mulher por não aceitar a separação

15 DEZ 2016
Anna Gomes
08h27min
Foto: Porã News

Rafael dos Santos, de 35 anos, que executou a ex-esposa, a médica Nislaine Colman Benites, de 31 anos, na manhã de ontem (14), foi preso no final da tarde do mesmo dia. O crime aconteceu em um posto de saúde onde a vítima trabalhava em Ponta Porã, município distante aproximadamente 250 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Porã News, Rafael foi capturado na região da colônia Aquidaban Cañada situada a 60 quilômetros da fronteira no Paraguai.

Por não aceitar o fim do relacionamento, o suposto autor executou a ex-esposa com três tiros na unidade de saúde e fugiu após o crime em uma motocicleta. A mulher estava na cozinha do local tomando um café, quando viu o ex- marido entrar armado, ela tentou correr e se trancar em uma sala, mas ele conseguiu abrir a porta e matar a médica.

Após o crime, a polícia imediatamente iniciou controles de veículos e de pessoas nas estradas que saem da região de fronteira a outros estados do Paraguai, o que resultou na prisão do assassino da médica na região de Concepcion, no Paraguai.

Rafael será transferido a Seção de Investigação de Delitos da Polícia Nacional na cidade de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, onde deve ser expulso e entregue as autoridades brasileiras.

Veja também