Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Polícia

Homicida alega ciúmes e é condenado a 6 anos de prisão no semiaberto

13 maio 2016 - 16h52Por Alessandra Carvalho

Domingos da Silva Alves, 33 anos, foi condenado pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, a pena de seis anos e oito meses de reclusão, em regime semiaberto, pelo crime de homicídio de Claudemir Hernandes, dia 24 de junho de 2015, na rua Nove de Julho, na Vila Ipiranga,em Campo Grande.

Conforme a polícia, ele é acusado de desferir um golpe de faca no pescoço de Claudemir, causando a morte, por ciúmes. Ele não teria aceitado o fim de um relacionamento e matou o atual namorado de sua ex-companheira.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça informou que o Ministério Público descreveu que o acusado agiu por motivo torpe, visto que estava com ciúmes e sentimento de posse da sua ex-convivente, identificada apenas como R. de M. da S., não querendo que ela se relacionasse com a vítima Claudemir.

Domingos e sua ex estavam separados há aproximadamente um mês antes da mulher começar um relacionamento com Claudemir.Domingos chegou a ser agredido pelos amigos da vítima, mas conseguiu fugir do local do crime. Ele foi encontrado pela Polícia Militar em uma casa próxima ao local do crime e foi preso em flagrante.

O juiz titular da Vara, Aluízio Pereira dos Santos, condenou o réu à pena de  6 anos e 8 meses de reclusão, em regime semiaberto, pelo crime de homicídio privilegiado.