(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Hotel pet onde cachorros morreram enforcados em trela fechou

Vizinhos afirmam que, nos últimos dias, não avistaram movimentação de pessoas no local

16 DEZ 2016
Dany Nascimento
10h57min
Foto: Geovanni Gomes

O hotel Bicho de Colo, onde os cachorros Toddy e Dudu morreram enforcados em uma trela (correia para prender animais), no bairro Monte Castelo, está fechado. O TopMídiaNews esteve no local, na tentativa de conversar com os donos do estabelecimento, mas o prédio está fechado e ninguém atendeu o interfone.

A dona do local havia dito que não ia mais se posicionar sobre a fatalidade e, ao que tudo indica, deixou de prestar serviços na Capital. Vizinhos afirmaram que nos últimos dias não notaram movimentação de pessoas e destacaram que não tinham conhecimento sobre a morte dos animais.

A aposentada Soraia Amado, 57 anos, deixou Toddy e Dudu no hotel pet no dia 16 de novembro e a intenção era que ambos permanecessem no local até 30 de dezembro, para realização de tratamentos. Porém, no dia 5 de dezembro, a dona da empresa Bicho de Colo, que não é veterinária, foi até a casa de Soraia e contou sobre o falecimento dos animais.

"Ela disse que se ausentou do local das 15h até às 21h30. Nesse intervalo eles ficaram sozinhos e acabaram morrendo enforcados por um trela que usavam juntos. Eles ficaram horas sozinhos e ninguém se preocupou", disse a dona.

Para Soraia, nenhuma indenização irá suprir o vazio que os animais deixaram. "É indescritível o que sinto com a ausência deles. Eles dormiam no meu quarto", relatou. Segundo Soraia, a única coisa que ela quer é justiça. "Quero que o estabelecimento seja fechado para que ela não maltrate mais nenhum animal".

Diante do ocorrido, Sorraia acionou o advogado Wagner Leão do Carmo e entrará na Justiça contra o estabelecimento. Conforme Wagner, uma ex-funcionária do local contou que já presenciou a dona do estabelecimento maltratando animais diversas vezes.  

Veja também