(67) 99826-0686

Idosa de 102 anos é suspeita de assassinar colega de 92 em asilo

Autopsia concluiu que morte ocorreu após estrangulamento e golpes na cabeça. Centenária declarou ter 'matado alguém' à assistente médica

24 MAI 2019
Da redação/Portal R7
15h44min
Foto: Reprodução/Portal R7

Uma idosa de 102 anos é suspeita de assassinar uma colega de 92 em uma casa de repouso localizada na comuna de Chézy-sur-Marne, na França. Segundo o site de notícias da cadeia de rádio France Info, uma assistente médica encontrou a vítima inanimada e com o rosto inchado no quarto que ocupava no local.

Quando a funcionária acionou as autoridades, a senhora de 102 anos, vizinha de cômodo, ficou agitada e declarou ter "matado alguém". O corpo da mulher de 92 anos foi encaminhado para autopsia no Instituto Médico-Legal de Saint-Quentin.

O exame constatou que a morte foi causada por asfixia após estrangulamento e golpes na cabeça. Confusa e agitada, a suspeita do crime foi encaminhada para um hospital próximo. Após ser avaliada por um especialista, ela acabou internada em uma clínica psiquiatra. Segundo a reportagem, as investigações ainda estão em andamento.

Veja também