(67) 99826-0686

Idosa de 75 anos é dopada e estuprada por vigilante dentro da própria casa

Vítima estava em casa assistindo televisão quando foi surpreendida pelo homem, que a obrigou a ingerir um medicamento e em seguida cometeu o abuso

20 AGO 2019
Da redação/G1
07h52min
Foto: Arquivo/TopMídiaNews

Uma idosa de 75 anos foi estuprada por um vigilante dentro da própria casa em Guarujá, no litoral de São Paulo. Ela estava assistindo televisão quando foi surpreendida pelo homem, que a obrigou a ingerir uma medicação e em seguida cometeu o abuso. Em depoimento à polícia, a aposentada, que mora sozinha, afirmou que o crime aconteceu na madrugada de sábado (17), mas ela só teve condições de registrar o boletim de ocorrência no domingo (18).

O homem aproveitou que a porta de sua casa estava aberta e invadiu o imóvel. Segundo a idosa, o vigilante a segurou pelo rosto e colocou um medicamento em sua boca. Devido ao impacto, a dentadura da vítima acabou sendo arrancada. O vigilante baixou uma parte da calça da vitima e cometeu o abuso em seguida, com a idosa dopada.

O vigilante fugiu e até o momento não foi localizado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como estupro de vulnerável na Delegacia de Polícia de Guarujá e será encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher.

Ainda segundo a SSP, foi solicitado exame de corpo de delito à vítima, que foi encaminhada para atendimento em centro de referência e assistência social do município. Quem tiver informações que possam ajudar a polícia a localizar o vigilante deve entrar em contato por meio do 190 ou do Disque Denúncia 181. Não é preciso se identificar.

Veja também