GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
TRE
Polícia

Idoso que estuprou neta de 11 anos é espancado e morto na cadeia

A princípio, ao menos 14 internos teriam participado do assassinato

23 outubro 2018 - 12h57Por Redação

Preso na Operação Saturação, Milandro Fernandes, 73 anos, foi espancado e morreu dentro de uma das celas do 1º Distrito Policial de Dourados na manhã de segunda-feira (22). O indígena é acusado por estuprar a própria neta de 11 anos. 

Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamada ao local e constatou o óbito. 

De acordo com o jornal Dourados News, 14 internos teriam participado da ação e serão investigados individualmente. A princípio, todos foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado. 

O inquérito deve ser concluído em até 10 dias, conforme o delegado Adilson Stiguivits, titular do 1º DP.

A descoberta do crime ocorreu no momento de transferência dos presos dentro da Operação Saturação à PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Na saída do cárcere, houve muito barulho e os policiais foram informados sobre o fato. 

A ação ocorreu quando, dentro da cela, um dos presos teria informado aos internos o motivo da prisão de Milandro, fazendo o grupo o espancá-lo até a morte. 

As imagens de segurança mostram as agressões e posteriormente o idoso reaparece na cela. Em seguida, um preso conversa com ele antes do grupo começar novamente a pancadaria contra o acusado por estupro. 

Segundo o delegado, todas as vezes em que alguém é preso por estupro, é colocado em cela separada, porém, como a operação levou várias pessoas à cadeia, o idoso foi deixado numa cela com internos considerados de baixa periculosidade e orientado a não relatar o motivo a qual levaram ao cumprimento de mandado de prisão contra ele.

O caso segue analisado. 

A Operação Saturação teve início na sexta-feira (19), em Dourados, e terminou na manhã de segunda. De acordo com o SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil, mais de 40 mandados de prisão foram cumpridos ao longo dos dias. 

A ação serviu para buscar provas referentes a vários crimes recentes ocorridos na cidade, além de cumprir ordens judiciais contra autores de diversos delitos.