Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
Top Ms
Polícia

Jardineiro é preso por promover queimadas no Coophavila II

Homem foi liberado mediante o pagamento de fiança e irá responder ao processo em liberdade

18 setembro 2019 - 09h45Por Da redação/PCMS

A Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) autuou e prendeu em flagrante um homem de 45 anos, após monitoramento e constatação de que ele seria responsável por diversas queimadas de resíduos vegetais decorrentes de podas no bairro Coophavila II.

Conforme a investigação o autor presta serviços no ramo da jardinagem, poda de árvores e afins. Após a execução dos serviços, ele recolhia os resíduos vegetais, levava até a rua Pastor Virgilio Faria, onde aguardava a secagem e posteriormente, como última fase do procedimento, ateava fogo. O fato gerou inúmeras denúncias à Polícia Civil devido ao impacto na saúde dos moradores.

Durante sua prisão, os policiais localizaram e apreenderam uma motosserra, seu instrumento de trabalho, mas para o qual não possuía licença de uso. A conduta foi tipificada conforme disposto na Lei de Crimes Ambientais. Ele foi liberado mediante o pagamento de fiança e irá responder ao processo em liberdade.