TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Polícia

Jovem assassinado queria sair do 'mundo do crime', dizem amigos

22 abril 2016 - 12h59Por Anna Gomes e Kamila Alcântara

Deivid Renato, de 18 anos, assassinado no final da manhã desta sexta-feira (22), havia comentado minutos antes de sua morte, que gostaria de ficar mais tranquilo e, por ter completado a maioridade, queria ficar 'de boa' como dizem os amigos da vítima.

Conforme um jovem que tem a mesma idade de Deivid, mas não quis ter o nome revelado por medo de represálias, o passado da vítima não é um conto de fadas, mas durante uma conversa com Deivid, ainda hoje, o rapaz explicou que queria mudar a vida.

"No dia que ele foi assassinado estávamos juntos, ficamos boa parte da manhã sentados na esquina comendo pão. Ele disse que várias pessoas queriam matá-lo, mas que por ele ter completado 18 anos, iria ficar mais 'de boa' sem encrencas'', disse o colega da vítima.

A dona de casa Ana Cristina, de 48 anos, chorava muito ao lado do corpo de Deivid. Ela diz ser vizinha dos tios do jovem. Lembrou que os pais do rapaz foram assassinados, depois disso ele teria ido morar com a avó, que também faleceu há cerca de oito meses.

"Ele morava com a avó que morreu e depois disso, foi morar com parentes e vivia na rua. Não sei muito, mas ele era um menino que estudava e, para ganhar um dinheiro fazia bicos, já lavou meu carro, a varanda da minha casa e assim ia vivendo. Mesmo com a família muito humilde, todos são trabalhadores, os tios dele vivem fora de casa no serviço, ainda ontem ouvi um tio dele avisá-lo para ele parar de ficar na rua, mas não teve jeito", lamentou a mulher.

Crime 

Deivid Renato foi morto a tiros nesta sexta-feira, na Rua Claudio Manoel da Costa, no Bairro Nova Lima, região norte da Capital. Segundo testemunhas, um outro jovem teria passado em uma motocicleta de cor preta atingindo o rapaz com vários tiros.

Até o momento, as informações são de que os disparos atingiram a cabeça, abdômen, a região pélvica e nádegas de Deivid. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o jovem morreu no local.