Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Polícia

Juiz concede liberdade para pintor acusado de enforcar a filha

A filha acionou a polícia alegando que foi esganada pelo genitor embriagado

10 junho 2019 - 10h50Por Dany Nascimento

O pintor João Miranda Ferreira, 47 anos, foi ouvido na manhã desta segunda-feira (10), durante audiência de custódia no Fórum de Campo Grande, e teve a liberdade provisória concedida, após ser acusado de ter esganado a filha dentro da residência da família, no bairro Vila Nasser, em Campo Grande.

Conforme o registro policial, a filha do suspeito, de 14 anos, acionou a Polícia Militar dizendo que o pai chegou embriagado no local e tentou enforcar a mesma na residência. Além disso, o pai teria deixado escoriações nos braços da menor e deixado o lugar.

Uma equipe da polícia foi até o local, mas o autor não estava. Horas depois, ele retornou para casa e a menor acionou novamente a polícia, que deu voz de prisão ao mesmo dentro do imóvel.

Ao ser ouvido pelo juiz Djailson de Souza, o suspeito disse que não apertou o pescoço da filha, mas que ‘partiu’ para cima da menina para pegar a chave da casa, que ela tinha escondido.

Leia Também

Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Cidades
Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Geral
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Política
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais
Geral
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais