(67) 99826-0686
Camara Maio

Jurado de morte pelo PCC é encontrado morto em cela da Máxima

Conforme a vítima, ele estaria jurado de morte por não ter cumprido uma missão dada pela organização criminosa

22 NOV 2016
Kerolyn Araújo
14h48min
Foto: Geovanni Gomes

Leandro Barbosa Pereira, 23 anos, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (22), em uma das celas do Presídio de Segurança Máxima da Capital, no Jardim Noroeste. O corpo estava pendurado pelo pescoço com um lençol.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, Leandro cumpria pena no presídio de Nova Andradina e foi transferido para a penitenciária de Campo Grande na segunda-feira (21). Ao chegar no estabelecimento, a vítima teria dito a um policial que era ex-membro do PCC (Primeiro Comando da Capital) e, por não ter cumprido uma missão, estaria jurado de morte.

O detento foi colado em uma cela com mais seis presos e, na manhã de hoje, foi encontrado morto no banheiro da cela 104 do pavilhão 3 do presídio.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro como morte a esclarecer. 

Veja também