Menu
segunda, 01 de março de 2021
Polícia

Justiça determina prisão preventiva de homem que atirou na perna de desafeto no Buriti

Vítima estava sentada em frente de casa quando foi atingida pelo autor

26 janeiro 2021 - 17h44Por Mariana Rodrigues

A justiça determinou a prisão preventiva do auxiliar de serviços gerais de 44 anos, que atirou na perna de outro homem na noite dessa segunda-feira (25), no Núcleo Habitacional Buriti, em Campo Grande.  O autor teria dado um golpe com capacete na irmã da vítima após ela negar tem um envolvimento amoroso com ele, porém as informações são de que esse não teria sido o motivo da tentativa de homicídio.

Conforme informações policiais, autor e vítima e sua irmã estavam bebendo em um bar próximo a casa deles quando o auxiliar de serviços gerais disse que queria ter um relacionamento amoroso com a mulher de 23 anos, como ela negou, ele desferiu um golpe nela usando um capacete. Eles foram embora do bar, não há relatos se houve briga entre os dois.

A vítima ficou sentada na frente de casa juntamente com a irmã e sua companheira. A irmã percebeu a chegada do autor e notou que ele estava com uma arma de fogo e parou a moto em frente a sua casa.

Ela e a cunhada entraram na casa, momento em que ouviram o disparo. Quando voltou notou que o irmão estava caído com um tiro na panturrilha direita. O Samu foi acionado e levou a vítima para a Santa Casa.

A Polícia Militar encontrou o autor na casa dele que fica próxima ao local do crime. A irmã da vítima contou que ambos não tinham nenhum tipo de desentendimento.

Nesta terça-feira (26), ele passou por audiência de custódia e o juiz converteu em preventiva a prisão em flagrante do autor por homicídio simples na forma tentada.