Menu
domingo, 24 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Polícia

Justiça determina prisão preventiva de veterinário que matou ex-cunhado

José assassinou o ex-cunhado no final da tarde desta quarta-feira (2), no Coronel Antonino

03 dezembro 2020 - 11h59Por Diana Christie

O juiz Alexandre Antunes da Silva decidiu pela prisão preventiva do veterinário José Bernardino Prado Lo Pinto, 25 anos. Ele foi preso, ontem (2), pelo assassinato do ex-cunhado Erick Wagner Batista Inserra, 41 anos, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.

“Verifica-se,in casu, pelas condições do delito, em especial pela natureza do crime, com emprego de violência a pessoa, bem como pela ausência de comprovação de trabalho lícito e residência fixa, não ser recomendável a concessão de medida cautelar mais branda, ante a gravidade do fato e pelo abalo social causado”, destaca o juiz.

O crime

José assassinou o ex-cunhado no final da tarde desta quarta-feira (2), na frente de uma residência na rua Riachão, no Coronel Antonino.

Conforme o boletim de ocorrência, Erick foi até à residência pegar o filho para ficar com ele. No local, ele teve uma discussão com a ex-sogra, que é a avó do garoto. José Bernardino também passou a discutir com a vítima.                                                                                      

Ainda segundo o registro, em dado momento, José puxou uma arma calibre .22, fazendo com que Erick saísse correndo. A vítima foi perseguida e executada com quatro tiros. O suspeito pelo crime ficou no local e se entregou à Polícia Militar. Erick morreu no local.