(67) 99826-0686

Justiça nega habeas corpus para acusado de agredir namorada

Prisão preventiva

10 JAN 2014
Kerolyn Araújo
12h04min
Matheus ao deixar a delegacia na última terça-feira (07) Foto: Geovanni Gomes

O desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS), Carlos Eduardo Contar,  negou em liminar o habeas corpus para Matheus George Tannous, 19, acusado de agredir a namorada, Giovanna Nantes Tresse, também de 19 anos, na madrugada do dia 1º. A prisão preventiva do jovem foi expedida pela juíza Simone Nakamtsu, da 1ª Vara de Violência Doméstica de Campo Grande na quarta-feira (08).

Ao prestar depoimento na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher), na última terça-feira (07), o jovem negou as agressões e manteve a versão de que Giovanna caiu. Matheus, que não se apresentou à polícia, é considerado foragido e está sendo procurado.

Recuperação

Após passar por cirurgias para a reconstrução da face, Giovanna recebeu alta hospitalar na manhã de ontem (09) e já está se recuperando em casa. A vítima ainda não prestou depoimento para a polícia.

 

Veja também