Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Polícia

Ladrões dizem que quase mataram taxista ‘por não ter dinheiro’ para pagar corrida

'Sem ter dinheiro', a dupla decidiu bater, esfaquear e roubar o taxista de 22 anos

06 março 2019 - 09h43Por Anna Gomes

João Henrique Ferreira dos Santos, 20 anos, foi preso e um menor de 16 anos apreendido após roubarem e esfaquearem um taxista durante uma corrida na madrugada desta quarta-feira (6), no Bairro Los Angeles, em Campo Grande.

De acordo com o histórico da ocorrência, os suspeitos falaram que ‘não tinham dinheiro para pagar a corrida’. Sendo assim, a dupla decidiu bater, esfaquear e roubar o taxista de 22 anos.

A vítima contou que pegou os supostos passageiros na Avenida Calógeras e quando chegou ao destino informado, a dupla anunciou o assalto. O taxista diz que eles roubaram R$ 250 e um aparelho celular. O carro só foi poupado porque a vítima disse que o automóvel era rastreado.

O taxista ressalta que foi agredido com socos e foi esfaqueado no pescoço. A dupla fugiu a pé, mas graças à rápida ação da Polícia Militar do 10°Batalhão do pelotão do Aero Rancho, os suspeitos foram encontrados cerca de uma hora após o crime.

(Vítima nesta manhã na delegacia.)

A vítima foi socorrida e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário.

A dupla ainda tentou fugir, mas foi capturada pelos policias. A faca usada no crime foi apreendida e apenas R$ 75 dos R$ 250 acabou sendo recuperado.

Os dois suspeitos foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga. Com um curativo no pescoço a vítima foi até o local e reconheceu os supostos autores.

Leia Também

Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Política
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Interior
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Cidade Morena
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá
Polícia
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá