ALMS - RAMAL
Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Polícia

Ladrões em motos atacam no Bairro Amambaí e fazem duas vítimas em menos de duas horas

Suspeitos abordam pedestres e exigem, principalmente, telefone celular

22 outubro 2016 - 18h55Por Thiago de Souza

Dois casos de roubo a mão armada no Bairro Amambai chegaram ao conhecimento da Polícia Civil,  a partir do meio dia deste sábado (22), em Campo Grande. O relato das vítimas sugere que são bandidos diferentes que atuam na mesma área. 

No primeiro roubo, ocorrido por volta das 12h15, a vítima estava na Avenida Afonso Pena, em frente a Igreja Nossa Senhora de Fátima e foi abordada por dois homens em uma motocicleta Biz, verde, placas NRK 8531. Um dos suspeitos fez menção de estar armado, exigiu o celular do homem e fugiu. 

Na segunda ocorrência, outra dupla, também em uma moto, só que dessa vez de cor preta, renderam uma idosa que estava no ponto de ônibus, na Rua Brilhante, no bairro Amambai. A vítima disse que foi exibida a ela uma arma do tipo revólver. Diversos pertences foram subtraídos e em seguida os suspeitos fugiram pela Rua Argemiro Fialho, sentido centro. 

A mulher roubada disse que um dos autores era moreno claro, olhos azuis, magro e usava calça jeans, camiseta verde, capacete e boot marrom. O garupa, que estava armado, é descrito como moreno, magro, 1,60 cm, e usava calça jeans, camisa polo preta e boot preta. 

Ambas as ocorrências foram registradas na Depac Piratininga. 

 

Leia Também

Dinheiro de pastelada e vaquinha podem salvar a pequenina Isabella
Interior
Dinheiro de pastelada e vaquinha podem salvar a pequenina Isabella
H1N2: mutação do vírus com potencial pandêmico é encontrado no Brasil
Saúde
H1N2: mutação do vírus com potencial pandêmico é encontrado no Brasil
IDAS E VINDAS! Mais uma vez Maiara e Fernando Zor terminam namoro
Geral
IDAS E VINDAS! Mais uma vez Maiara e Fernando Zor terminam namoro
NOTÍCIA BOA: analfabeta, ex-gari transforma a vida de 360 crianças carentes
Geral
NOTÍCIA BOA: analfabeta, ex-gari transforma a vida de 360 crianças carentes