Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Polícia

Mãe que perdeu guarda da filha após ritual do candomblé diz que só chora esperando a jovem voltar

No registro, os policiais militares disseram que foram acionados para atender denúncia sobre maus-tratos e possível abuso sexual

08 agosto 2020 - 13h49Por Dany Nascimento

A mãe que perdeu a guarda da filha na Justiça após a adolescente, de 12 anos, passar por um ritual de iniciação no candomblé, em Araçatuba (SP). Ela disse que contratou um advogado para fazer com que a menina volte para casa.

Segundo o G1, o caso aconteceu no dia 23 de julho deste ano, quando foi registrado um boletim de ocorrência por maus-tratos de que a menor teria sido vítima.

"Não consigo mais dormir. Só choro esperando ela voltar para casa. Eu acredito que o juiz na hora que deu a sentença não sabia que era por questão religiosa", diz Kate Belitani.

A decisão judicial saiu nesta segunda-feira (3) após o Ministério Público acatar a denúncia da avó da menina. Agora, a guarda provisória ficará com a avó.

Segundo a polícia, um boletim de ocorrência por lesão corporal foi registrado na época. No registro, os policiais militares disseram que foram acionados para atender denúncia sobre maus-tratos e possível abuso sexual, que estaria ocorrendo em um terreiro de candomblé.

Leia Também

Campanha de multivacinação começa na próxima segunda-feira
Cidade Morena
Campanha de multivacinação começa na próxima segunda-feira
‘Vou te cortar em pedacinhos’, diz homem que não aceita fim de romance com amante
Polícia
‘Vou te cortar em pedacinhos’, diz homem que não aceita fim de romance com amante
Mato Grosso do Sul supera os 70 mil infectados pelo coronavírus
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul supera os 70 mil infectados pelo coronavírus
Polícia acaba com combinado de orgia e tira adolescentes da prostituição
Polícia
Polícia acaba com combinado de orgia e tira adolescentes da prostituição