Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Polícia

Mãe suspeita de prostituir filha adolescente consegue liberdade provisória

Mulher disse que nunca obrigou a adolescente a fazer programas

16 outubro 2020 - 13h16Por Diana Christie e Dany Nascimento

Mulher de 40 anos, acusada de obrigar a filha de 16 anos a se prostituir, conseguiu a liberdade provisória em audiência de custódia nesta sexta-feira (16), em Campo Grande.

De acordo com a assessoria de comunicação do Fórum Heitor Medeiros, a mulher disse que nunca obrigou a adolescente a fazer programas.

Ela alega que tinha conhecimento de que a filha estava se prostituindo há seis meses e que já teria usado seu celular para falar com ‘clientes’. No entanto, diz que tentou corrigir e chegou a bateu na menina por não aceitar que ela faça programas e use maconha.

A mãe autorizou que seja realizada uma busca em seu aparelho celular. Já a menina disse que era agenciada pela mãe, que oferecia o corpo da filha por um bate-papo na internet e também via WhatsApp.

A jovem afirma que apanhava da mãe sempre que se negava a fazer programas e acabava expulsa de casa. O caso é investigado.

Leia Também

Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Cidade Morena
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
In Memoriam
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
Após ser atropelado e ficar ferido a margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
Polícia
Após ser atropelado e ficar ferido a margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
'Tem gente que é expert em tentar destruir o governo', diz Eduardo Bolsonaro
Geral
'Tem gente que é expert em tentar destruir o governo', diz Eduardo Bolsonaro