Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
corona
Polícia

“Me envergonho demais”, diz suspeito de cortar cabeça de cachorro

"Tô arrependido e agora o que a justiça querer, a gente tem que pagar", disse o suspeito

02 setembro 2019 - 18h32Por Da redação/Portal RIC Mais

O principal suspeito de cortar a cabeça e patas de um cachorro, no Jardim Tóquio, em Maringá, no noroeste do Paraná, foi apresentado pela polícia nesta segunda-feira (2).

O homem, de 35 anos, disse que estava sob o efeito de drogas e que se arrepende do crime. “Me envergonho demais…até o dono da horta é um amigo meu, sempre me deu verduras, mas não sei o que aconteceu na minha cabeça que eu fui fazer esse crime”, declarou o homem identificado como Maykon.

Ele se encontra detido na cadeia pública de Maringá e aguarda a disposição da Justiça. “Tô arrependido e agora o que a justiça querer, a gente tem que pagar”, finalizou.

Câmera de segurança registrou suspeito carregando animal

Uma câmera de segurança registrou o criminoso que matou um cachorro e tentou vendê-lo como se fosse carne da paca, um pequeno roedor.

No vídeo o homem aparece andando tranquilamente pela rua enquanto carrega o corpo do cão sem as patas e a cabeça. Conforme os moradores, o homem passou pela vizinhança oferecendo a carne do cão.

Em seguida, o comerciante avisou o proprietário da horta, que confirmou que o corpo oferecido pelo indivíduo era do seu cachorro.

Leia Também

Mulher morre depois de se queimar com água fervente
Cidades
Mulher morre depois de se queimar com água fervente
VÍDEO: concessionária de Campo Grande é acusada de ‘sumir’ com carros de clientes
Polícia
VÍDEO: concessionária de Campo Grande é acusada de ‘sumir’ com carros de clientes
Festança durante quarentena acaba com mulher presa
Interior
Festança durante quarentena acaba com mulher presa
Motorista atropela e mata homem em anel viário
Interior
Motorista atropela e mata homem em anel viário