tjms julho
Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Tragédia Nova Lima

Miguel fez aniversário de três anos no dia de sua morte em incêndio no Nova Lima

O menino e o irmão, Caio Eduardo, de seis meses, morreram carbonizados

29 agosto 2016 - 17h01Por Rodson Willyams e Anna Gomes

Um dia após a tragédia ocorrida no bairro Nova Lima, em que dois meninos morreram carbonizados durante um incêndio, a família falou ao TopMídiaNews. Abaladas e ainda incrédulas com o caso, a bisavó e uma tia relataram o drama que viveram para tentar salvar a vida das crianças. O mais velho, Miguel, completou três anos ontem (28), segundo a família. 

De acordo com a bisavó Maria da Glória, 70 anos, que morava no fundo da residência, o casal, Deise e Talys Cunha de Souza, ambos de 19 anos, haviam se mudado há um mês para a casa alugada. A aposentada contou que escutou um barulho na casa, mas que não teria dado muito importância. 

"Achei que era uma briga de casal e não dei importância. O meu neto chegou gritando. pedindo para que desse água porque a casa estava pegando fogo e as crianças estavam lá dentro", conta, emocionada. 

Bisavó das crianças, Dona Maria da Glória, de 70 anos. Foto: Anna Gomes. 

Dona Maria contou à reportagem que chegou a encher um balde d'água quando começou a escutar várias explosões dentro da casa. "Nós não pudemos fazer nada", contou. As crianças estavam dormindo no quarto. 

Conforme a cozinheira Sônia Souza, de 50 anos, tia das crianças, o mais velho das crianças, chamado Miguel, completou, ontem (28), três anos de idade. O mais novo, de seis meses, chamava Caio Eduardo. A cozinheira ainda relatou que o incêndio teria começado após o botijão de gás explodir. O botijão seria da proprietária da residência, que havia cedido ao casal. Sônia ainda afirmou que o fogo se alastrou muito rápido pela casa e nada pode ser feito. 

Tia das crianças, Sônia Souza, de 50 anos. Foto: Anna Gomes. 

A família informou que o casal está na casa de parentes da mãe das crianças, e que os pais aguardam a liberação dos corpos, que estão no Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) de Campo Grande. 

Leia Também

Casal em picape morre na hora após batida frontal com carreta na BR-267
Interior
Casal em picape morre na hora após batida frontal com carreta na BR-267
VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
Cidade Morena
VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
Cidade Morena
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida
Geral
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida