(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Menino faz apelo após ser assaltado enquanto vendia doces na rua

A mãe de Lucas está grávida e já tem outros quatro filhos contando com ele

13 JUN 2019
Folha Vitória
11h09min
Foto: Reprodução/Facebook

Um menino de 11 anos, identificado como Lucas, emocionou internautas nesta semana após ser assaltado no último domingo (09), na pracinha do bairro Itararé, em Vitória. A criança trabalhava vendendo doces na rua para ajudar a família e teve todo o produto e o dinheiro roubados.

Segundo Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, ele chegou em casa muito sujo, dizendo que havia tropeçado, e por isso, todos os produtos teriam caído e estragado na chuva. A família só descobriu a verdade alguns dias depois.

Para Rafaela, ver o filho passar por essa situação é difícil. "Eu não deixava ele ir para rua por conta da violência. Mas, ele começou a trabalhar e pegou o gosto por isso. Eu fiquei constrangida porque não dá para acreditar que uma criança sai de casa para fazer um dinheirinho, e uma pessoa chegar e fazer uma maldade dessa. Fiquei muito preocupada", contou.

O caso revoltou familiares e voluntários que decidiram criar o Projeto Juntos Somos 1, nas redes sociais. A partir disso, a história de Lucas ganhou os internautas e o menino já recebe ajuda de todas as partes do Brasil.

Solidariedade

A responsável pela repercussão do caso foi Aline Silva. A jovem conheceu o garoto quando voltava do supermercado e foi abordada por ele, pedindo comida. Depois de conhecer a criança, ela decidiu ajudar a família.

"Naquele dia eu ofereci dois pacotes de biscoito. Percebi que fiz tão pouco e ele ficou tão feliz que a situação não saiu mais da minha cabeça e comecei a ajudar. No dia seguinte, eu já havia conseguido doação de cesta básica", explicou.

Aline conheceu Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, e os irmãos. A mulher está grávida de sete meses e a família vive de favor em uma casa simples, após ter tido a casa atingida pelas fortes chuvas na Grande Vitória. Por conta disto, Lucas decidiu vender doces na rua para ajudar em casa.

Por acaso, após o crime, Lucas foi pedir ajuda na lanchonete de uma amiga de Aline, que o reconheceu e avisou a jovem, que em seguida, contou tudo para a família. Foi a partir disso que a foto do menino chorando foi publicada. "A página já tem mais de 15 mil seguidores, vários famosos nos procuram querendo fazer algo por eles e a vaquinha criada para ajudar a família ultrapassou o objetivo de 15 mil", disse Aline.

 

 

Veja também