Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Polícia

Morte de professora gera comoção e manhã é marcada por protesto em Corumbá

Manifestação pediu o fim da violência contra mulher

11 março 2019 - 14h17Por Nathalia Pelzl

Professores, vereadores e representantes de movimentos ligados à defesa da mulher protestaram, na manhã desta segunda-feira (11), em Corumbá, pela morte de Nádia Sol Neves Rondon, assassinada pelo ex-marido com mais de 30 facadas enquanto comemorava o aniversário de 38 anos.

(Foto: Repórter Top)

A manifestação ocorreu em frente ao cemitério da cidade e, assim como no velório da professora, todos vestiam preto e traziam cartazes com frases em forma de protesto. Todos ressaltaram que a marcha tem que continuar até que todas as mulheres sejam livres.

(Foto: Repórter Top)

A morte

Nádia Sol Neves Rondon foi assassinada à facadas pelo ex-marido na frente da filha mais velha, de 15 anos. Os golpes atingiram as costas, tórax, rosto e braços.

A vítima era professora de Língua Portuguesa e Inglês nas escolas municipais Pedro Paulo de Medeiros e Isabel Corrêa. Antes, ela também foi servidora do Estado na Casa do Trabalhador de Corumbá.

Ela deixa duas filhas.

Leia Também

Nove fugitivos do sistema penal são recapturados em Ladário e Corumbá
Polícia
Nove fugitivos do sistema penal são recapturados em Ladário e Corumbá
Anvisa recebe 1º pedido de registro de uma vacina contra a covid-19
CORONAVÍRUS
Anvisa recebe 1º pedido de registro de uma vacina contra a covid-19
Loester Trutis sofre nova derrota para Siqueira e ainda leva pito de juiz
Política
Loester Trutis sofre nova derrota para Siqueira e ainda leva pito de juiz
Mãe quer ajuda para ficar perto do filho no Caps: 'vida está difícil'
Cidade Morena
Mãe quer ajuda para ficar perto do filho no Caps: 'vida está difícil'